Prefeitura e PRF arrecadam meia tonelada de alimentos para crianças com câncer

“Esse momento não é fácil para ninguém. Ações como essas são um alento para a gente. Ajudam as crianças, que ficam mais estimuladas a enfrentar o tratamento da doença”, disse a dona de casa Maria da Conceição Alves.

Ela acompanhava o filho Eduardo, 14, na segunda sessão de quimioterapia, na manhã desta quarta-feira, 23, e se deparou com a Ação Solidária de Combate ao Câncer Infantil realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na entrada do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, das 8h às 13h. 

A Prefeitura de Belém, por meio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), é parceira da campanha desde 2015.

Em 2022, os agentes e demais servidores da Semob se mobilizaram e arrecadaram meia tonelada de alimentos não perecíveis para doação na campanha alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil.

Os agentes de trânsito da Semob também orientaram os condutores no perímetro do hospital para garantir a fluidez, organização na via e segurança viária aos participantes.

Pequenos guerreiros

“Essa campanha é de suma importância”, disse o agente Cláudio Silva, um dos apoiadores da campanha. “Muita gente precisando. Este ano, conseguimos um volume grande de doações. Não resolve, mas ameniza”.

Segundo Cláudio, participar das ações com a criançada que faz tratamento no hospital, levar alegria a elas é gratificante. “Num primeiro momento, a gente pensa que com a nossa presença estamos ajudando. Mas a gente é que, muito pelo contrário, sai fortalecido e renovado”, completou.

A agente Priscila Chagas compartilha a opinião: “Na verdade, recarregamos nossas energias com o sorriso, bondade e meiguice dessas crianças. São pequenos guerreiros”, observou a agente.

Diversão

A manhã foi de brincadeiras com personagens de contos de fadas, super-heróis, performance de artistas com pernas de pau, pinturas corporais, apresentação musical e de DJs, e de músicos da banda da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

Os agentes da Semob e da PRF e voluntários rasparam a cabeça, num gesto de apoio, solidariedade, carinho e de estímulo às crianças em tratamento no hospital. 

A Laila, 7 anos, faz tratamento há 3 anos e era só alegria. Ela ajudou os cabeleireiros no corte de cabelo. “Não existe tempo ruim para ela. Está sempre alegre e sorridente”, diz a mãe de Laila, Alexsandra Xavier. “Ações como essa são importantes, pois estimulam, mais ainda, os pequenos pacientes e ajudam no bom desenvolvimento do tratamento”. Alaxsandra e a Laila estão morando em casa de apoio, pois são de Paragominas, sudeste paraense.

Solidariedade

Manuele, 8 anos, também ajudou no corte de cabelo, brincou e tirou fotos. A voluntária e empresária Cristina Farias considerou a ação maravilhosa. “Ajuda muito as crianças atendidas no hospital”, disse.

Cristina hospeda famílias com crianças do interior que precisam de tratamento, como Manuele e Emanuele (que estava vestida de agente da PRF).

“É muito bom ocorrerem ações solidárias desse porte. São pessoas que se importam com essas crianças e as incentivam a não se deprimir”, destacou Joice Lene de Freitas, agente de alimentação, mãe da Emilly.

Texto: Rosangela Gusmão

Foto: Ascom/Semob