Prefeitura de Belém realiza atendimentos a usuários de transportes do Barreiro, Sacramenta e Telégrafo

“A Iniciativa é excelente. A Semob está de parabéns. Quanto mais ação como esta for feita, nos bairros, mais pessoas serão beneficiadas”, disse o advogado Élcio Ferreira, se referindo aos serviços itinerantes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), que estão sendo realizados nesta quinta-feira, 22, e sexta-feira, 23, dentro da programação da Semana Nacional do Trânsito (SNT) da Prefeitura de Belém. O advogado aproveitou para solicitar a credencial de vaga para estacionamento para PCD (pessoa com deficiência). Ele achou o atendimento maravilhoso, pela facilidade, rapidez e comodidade, principalmente, por não precisar se deslocar para mais longe em busca desse atendimento.

A ação itinerante da Semob está sendo realizada no 2º piso do Shopping It Center, na Senador Lemos, de 9 às 13 horas, e atende principalmente aos moradores dos bairros Telégrafo, Barreiro e Sacramenta, na prestação de serviços de emissão de cartões de meia-passagem, Sênior e Especial e credencial de estacionamento para idoso e PCD, coordenados pela Coordenadoria de Atendimento ao Usuário (COAU), em parceria com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém (Setransbel).

Orientações sobre notificações de infração de trânsito e atendimento da Ouvidoria também são serviços que estão sendo prestados, pela Semob. 

Descentralização – Os serviços descentralizados levam facilidade aos usuários pela maior agilidade no processo, economia de tempo, no deslocamento e até financeiro, pela isenção de taxas de emissão de segunda via dos documentos, cujas taxas são cobradas nas solicitações efetivadas no Posto Central do Mercado de São Brás.

Facilidade – A iniciativa permitiu que a confeiteira Rosilene Bentes, que mora no Barreiro, conseguisse solicitar a meia-passagem da filha Kézia de 11 anos. “Minha filha começou a pagar passagem no ônibus, por isso, tratei de tirar a meia-passagem dela”, disse, reforçando que a iniciativa é maravilhosa, principalmente, porque pode solicitar o documento bem próximo de casa.

O enfermeiro Cleyton Brito estava querendo saber informações sobre recurso de multa e aproveitou a ação para receber orientação. Aproveitou ainda para levar a mãe Maria Helena Brito, que completou 60 anos, para solicitar o cartão Sênior.

“Essa iniciativa é muito boa. Trazendo esses serviço para o bairro, para perto das pessoas que necessitam desse atendimento é muito importante. Assim, abrange uma grande quantidade de pessoas”, declarou o enfermeiro.

Economia e rapidez – “É muito complicado o deslocamento daqui para São Brás, aqui o atendimento está rápido e muito tranquilo”, disse a técnica de enfermagem, Ana Lúcia Oliveira. Segundo ela, economizou duas vezes, no transporte e na taxa que iria pagar para tirar a segunda via do Cartão Sênior dela.

A dona de casa Aldilete Gama aprovou a iniciativa, pois mora próximo ao shopping. “Ótimo. Muito bom e o atendimento é rápido”, disse. Ela levou a filha Dienne Pamela, 14 anos, para tirar a meia-passagem. “Economizei a ida a São Brás”, conta.

A dona de casa Diolene Medeiros chegou cedo. Foi a primeira a ser atendida. Ela aproveitou a ação para solicitar a meia passagem dos dois filhos, Maria Eduarda e Arthur Medeiros, de 12 e 11 anos, respectivamente. Além da economia que o benefício trará, a dona de casa aproveitou a proximidade do shopping da casa dela. “Ir para São Brás é mais longe e contramão. Por isso, ainda não havia solicitado o documento para os meus filhos”, disse. 

Elizabeth Adrya Castro Farias, 14 anos, e o pai dela, o carpinteiro Elielson Gonçalves Farias, foram os últimos a chegar e conseguiram atendimento. O pai explicou que, como ele é o responsável pela filha, aproveitou o horário do almoço para solicitar a 2ª via da meia-passagem dela. “Ainda bem que a ação está ocorrendo perto de casa. Conseguimos a meia-passagem sem que prejudicasse o horário de aula dela e o meu trabalho”, explicou. 

Documentos Passe Fácil – Para a emissão da 1ª via da meia-passagem, o estudante tem que agendar o atendimento pelo site do Passe Fácil. Além de apresentar original e cópia do RG. Se for criança ou adolescente e não tiver o documento de identidade, pode apresentar a certidão de nascimento, além do comprovante de residência e uma foto 3×4. Para a 2ª via, além dos documentos citados, é necessária uma declaração da escola na qual é matriculado, com validade de até 30 dias, Boletim de Ocorrência ou cartão danificado.

Para a emissão da 1ª vias do Passe Sênior é necessário apresentar original e cópia do RG, comprovante de residência e uma foto 3×4. Para a 2ª via é preciso acrescentar o Boletim de Ocorrência ou o cartão danificado. Já para a 2ª via do Passe Especial, são necessários original e cópia do RG, do comprovante de residência, Boletim de Ocorrência ou o cartão danificado e uma foto 3×4.

Quem for buscar atendimento para a emissão de credencial de estacionamento (1ª e 2ª vias) deve apresentar original e cópia do RG ou CNH, comprovante de residência e CRLV do veículo. Para a 2ª via, acrescentar o Boletim de Ocorrência Policial ou a credencial danificada.

Texto: Rosangela Gusmao