SeMOB registra grande número de romeiros chegando em Belém

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) registrou um grande fluxo de romeiros chegando a pé em Belém na manhã deste sábado, 9. Centenas de fiéis de Nossa Senhora de Nazaré vindos de diversos municípios vizinhos lotaram a entrada da cidade pelo Entroncamento nas primeiras horas da madrugada e foram acompanhados de perto por agentes de trânsito, que faziam parte da Operação Segurança dos Romeiros.

A ação foi uma fiscalização em pontos fixos e de forma volante em viaturas, para garantir uma passagem sem grandes riscos para os promesseiros, principalmente, ao longo dos 13km de extensão da avenida Augusto Montenegro. A avenida é uma das principais vias de acesso da capital paraense e abriga grande parte da pista expressa do BRT, por isso foram intensificadas as rondas para orientar aos grupos que chegaram a pé a permanecer nas calçadas durante o trajeto até a Basílica Santuário.

“Chegou muita gente em Belém hoje de manhã, muito mais do que observamos na sexta-feira. Foi necessário trabalho reforçado para organizar toda essa gente, em especial, para que evitassem andar na via expressa do BRT, porque os ônibus estão em circulação”, contou a chefe de Divisão de Educação para o Trânsito (CDET) da SeMOB, Tatiane Pinheiro.

Este ano, a SeMOB também investiu em uma ação educativa direcionada aos romeiros, que vêm de outros municípios. Agentes de Educação para o trânsito orientam os romeiros a seguirem pela calçada, evitando a pista durante o percurso que, além da Almirante Barroso, passa por outros grandes corredores de tráfego, como as Avenidas Magalhães Barata e Nazaré.

Iniciada na quinta-feira, 7, e encerrada neste sábado, 9, a ação educativa foi conduzida na entrada da cidade para receber os visitantes que muitas vezes fazem uma longa jornada do interior para a capital. Só na manhã deste sábado, os agentes de Educação para o trânsito receberam gente vinda de Castanhal, Mosqueiro, Santo Antônio do Tauá, Santa Izabel, Marapanim, Salinas, Ananindeua, Benevides, Marituba e Icoaraci.

Trasladação – Mesmo que nesta edição do Círio não tenha a trasladação da Virgem Peregrina do Colégio Gentil até a Catedral Metropolitana de Belém, a Superintendência optou pela interdição do trajeto da procissão. Às 14h, deste sábado, 9, foram fechadas com gradil e cones o acesso das avenidas Generalíssimo Deodoro, com a Avenida José Malcher, além da Vila Leopoldina.

Agentes de trânsito e de transporte também ficaram guardando trechos estratégicos, para garantir o fluxo das vias, no caso de os fiéis seguirem o percurso da procissão, como aconteceu ano passado. Esses trechos ficarão interditados até às 19h do domingo, 10, já visando a programação do Círio.

A imagem Peregrina percorrerá um trajeto aéreo, sobrevoando Belém, e fazendo paradas em hospitais para bênçãos. Em seguida, será feito outro sobrevoo, da Catedral de Belém para a Basílica de Nazaré.

Texto: Leonardo Fernandes

Foto: Ascom SeMOB